Espaço interactivo que se destina à fotografia e à informação sobre os Navios de Cruzeiro que passam pelo Porto Turístico do Funchal, na Ilha da Madeira, Portugal. Todos os artigos aqui publicados são da autoria e da responsabilidade de NUNO OLIM, pelo que a sua reprodução ou plágio não são autorizados.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Intenso Tráfego Marítimo e Turístico na Pontinha

O Porto Turístico do Funchal, registou no passado dia 24 de Outubro de 2009, um grande movimento de cruzeiros, estando na capital madeirense quatro cruzeiros: Hanseatic, Noordam, Independence of the Seas e o Arcadia, que trouxeram à cidade turística e portuária do Funchal cerca de 8.300 turistas.

O primeiro cruzeiro a fazer as manobras de atracagem no porto do Funchal, foi o navio alemão Hanseatic, ao serviço da Hapag Llyod. Proveniente de Casablanca, aportou no cais Norte do porto pelas 6h30 soltando as amarras pelas 17h00 rumo a La Palma.

Depois do Hanseatic foi a vez do navio holandês o Noordam, que pelas 7h00 deu as amarras no porto do Funchal. Proveniente de Cádiz, zarpou do Funchal por volta das 17h00 rumo ao porto de Fort Lauderdale na Caraíbas. De salientar que o Noordam encontra-se em viagem posicional da Europa para a América.

O Noordam está ao serviço da companhia holandesa a Holland America Line, foi construído em 2006 nos estaleiros italianos de Fincantieri. É detentor de 289 metros de comprimento e 32 metros de largura. Possui cerca de 82 mil toneladas. Consegue atingir os 22 nós o equivalente a 48 Km/h.

Tem como navios gémeos o Oosterdam, Zuiderdam e Westerdam, estando todos eles ao serviço da Holland America Line.

O Noordam tem capacidade máxima para acolher cerca de 2388 passageiros servidos por 812 tripulantes.
Porto de registo: Roterdão, Holanda

O navio foi inaugurado em Fevereiro de 2006, em Nova Yorque sendo a madrinha de baptismo a actriz Marlee Matlin. A bordo do navio é possível visitar um museu com inúmeras peças do século XVII ao XIX, pinturas, como uma pintura a óleo da cidade de Utrecht, pintado em 1842. No museu podemos ainda encontrar arte contemporânea como a série de fotografias com grandes nomes ligados ao mundo da música como Dizzy Gillespie e BB King. De entre as várias peças de mobiliário, destaque para a valiosa caixa de embutidos ladeada por talha de madeira do século XVII, ao gosto Barroco.

Quanto às facilidades a bordo, o navio dispõe de um casino, centro de arte culinária, vários cafés, restaurantes, centro de Fitness, Night Club, Espaço dedicado às crianças...

Já pelas 10h00 chegou o gigante Independence of the Seas, proveniente de Southampton na Inglaterra, soltou as amarras por volta das 18h00 em direcção a Tenerife. O Independence of the Seas, juntamente com o Liberty e o Freedom of the Seas, são considerados actualmente os maiores navios de cruzeiros do mundo. De recordar que o Independence of the Seas foi lançado ao mar em 2008, está ao serviço da Royal Caribbean International. Possui cerca de 158 mil toneladas, tem cerca de 339 metros de comprimento máximo e 39 metros de largura.

Pelas 12h15 chegou o navio britânico, o Arcadia, da P&O Cruises, Proveniente de Southampton, pernoitou no Funchal, onde soltou as suas amarras no dia seguinte pelas 18h00 rumando a Tenerife. Devido à falta de espaço no dia em que chegou, o Arcadia teve que ficar fundeado ao largo da baía do Funchal.

O Arcadia foi construído em 2005, na Itália, nos estaleiros em Fincantieri. Tem cerca de 86 mil toneladas, 289 metros de comprimento e 32 metros de largura. Porto de registo: Hamilton, Bermuda.
(@) Image and Text Copryright; Imagem e texto com direitos: Nuno Olim, Funchal

2 comentários:

Farinha disse...

Bem conseguida a imagem do Noordam entre a piscina e mar. Um instantâneo!
Cumprimentos.
Paulo Farinha

Jorge Ferreira disse...

Foram bonitas fotos, e foi sem dívida um belo dia para fotografar os navios!
Comprimentos:
Jorge e Eduardo Ferreira